Então é Natal...


Muito antes da era dos complexos presentes eletrônicos, dos shopping centers e da revolução sexual, os presentes de Natal podiam ser, digamos... inusitados. Presentes comuns na década de 1950, por exemplo, seriam impensáveis nos dias de hoje. Naquele tempo, a lista incluía — sem nenhuma ironia — pacotes de cigarro, aspiradores de pó (para as dedicadas esposas) e até espingardas e revólveres (para toda a família, dos pais aos filhos). Abaixo, alguns anúncios de revistas americanas da época:


"Dos 7 aos 17" - Espingardas eram, aparentemente, o presente perfeito para crianças e adolescentes.




"Não é hora de dar a si mesmo um presente de Natal?" - A fabricante de revólveres Colt oferecia vários modelos. A cara do Natal!




"Nossa, pai... Uma Winchester!" - A cara da felicidade. Afinal, qual criança não vibraria de satisfação ao ganhar de Natal uma... espingarda?




"O presente que todo esportista quer" - E você tinha alguma dúvida? Serve até de decoração para a árvore de Natal.




"Faça desse Natal um Natal Browning" - A fabricante Browning estava certa de que suas espingardas eram o must dos presentes de Natal.




"O presente de Natal de Bob!" - Adivinhe qual é? Isso mesmo, um rifle.




"Pra que lavar a louça depois da ceia de Natal?" - Uma moderníssima lava-louças alardeava as vantagens de tê-la em casa. Um sonho para qualquer esposa da época.




"Ela está apaixonada... E vai amar!" - Sim, um jogo de talheres podia ser o presente ideal para as mulheres que viveram os anos dourados. 




"Na manhã de Natal, ela estará mais feliz com um aspirador de pó" - Era o que anunciava a famosa marca Hoover.




"O cigarro cuja suavidade você pode medir" - Papai Noel foi garoto-propaganda dos cigarros Pall Mall.




"Luckies são suaves para minha garganta", atestava o próprio Papai Noel. Quem duvidaria do bom velhinho?




"Presentes que dizem Feliz Natal a cada baforada..." - Até para o cigarro Camel o bom velhinho fez propaganda.




"Estou enviando Chesterfields para todos os meus amigos" - Até Ronald Reagan dava de presente belos pacotes natalinos do cigarro Chesterfiled, com dedicatória e tudo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário